Rock in Rio: patrimônio cultural imaterial do Rio de Janeiro

A história, que já era gigante, agora é patrimônio do estado que abriu os braços desde a primeira edição. 

2022 é um grande marco não só por isso! O festival completou 37 anos e vai realizar duas edições históricas, em dois continentes diferentes. Depois de dois anos de pandemia, abrir os portões das Cidades do Rock vai ser como abrir os braços para o abraço adiado.

O sonho, que parecia impossível em 1985, valeu muito a pena ser sonhado. A cada edição, novos sonhos são realizados e a busca pelas melhores experiências e por um festival cada vez melhor continua!

Em setembro, a gente se encontra para o maior e melhor Rock in Rio de todos os tempos! 

Fonte: Rock In Rio

*Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.