ConvidaLab abre capacitação para bandas do Distrito Federal em janeiro/2022

Evento chega com laboratório gratuito para grupos /artistas da música que pretendem se renovar no retorno aos palcos pós-pandemia

Criado em 2005, o Festival Convida se consolidou em Brasília por promover shows, músicos, a diversidade, o respeito e a acessibilidade na capital federal. Em 2020, o evento já reconhecido no Distrito Federal trocou de nome – antes era conhecido como Móveis Convida – e invadiu a internet com shows, mesas de debates, palestras e visões sobre o mercado fonográfico e criativo em plena pandemia com a nomenclatura Festival Convida. Agora, o Convida retorna em janeiro de 2022 para incentivar e promover músicos, bandas, grupos que ficaram parados na pandemia e planejam a retomada consciente aos palcos.

Em sua 21ª edição nomeada ConvidaLAB – Aceleração de Bandas do Distrito Federal, o Festival coordenado pelos produtores e artistas Fabio Pedroza e Eli Moura dará oportunidade gratuita a artistas da música que se preparam para esse retorno presencial em 2022 por meio de oficinas de capacitação.

Após processo seletivo realizado em dezembro de 2021, de dezenas de inscritos, a curadoria do Convida selecionou nove artistas que foram presenteados com vídeos review e avaliação. Confira no Instagram: @festival.convida. Foram eles Lyndon, Caleba Brasil, Carol Voigt, Flor Furacão, Ricky, Trança, João Pedreira, Ana Moura e Raké Xique. Dos nove, Lyndon, Ryck, Ralé Xique, Flor Furacão, Caleba Brasil e Trança foram os escolhidos para participar o laboratório de aceleração que terá início na segunda quinzena de janeiro.

“Ficamos muito felizes com as inscrições e em conhecer tantos artistas de diferentes regiões administrativas do DF. Bandas iniciantes e já com longa estrada se interessaram pelo projeto. Foi um processo de escolha difícil. Optamos, na seleção, por dar a oportunidade para bandas mais novas e que poderiam aproveitar mais das atividades do projeto”, destaca Pedroza.

Conheça o Convida Lab –


Trazer um olhar diferenciado e mais atento para o mercado musical brasiliense sempre foi um dos objetivos do Festival Convida. No ano em que completa 21 edições, o evento realizará uma ação de capacitação com olhar voltado para o mercado da música independente do Distrito Federal, com o objetivo de promover carreiras musicais de artistas em ascensão. 

A curadoria formada por Ana Morena (musicista, produtora Festival DoSol), Marta Carvalho (produtora cultural), Kelton (músico e produtor musical), Caio Chaim (Advogado de direitos autorais e músico) e os sócios do Convida, Eli Moura e Fabio Pedroza analisou os participantes e escolheu nove para dar dicas e auxiliar no desenvolvimento das apresentações dessas bandas e artistas.

A análise e discussão foram gravadas e exibidas nas redes sociais do Festival (Instagram: @festival.convida). Agora, os selecionados pelo convida Lab irão passar pelo processo de aceleração.

“Faremos mentorias em formato presencial, podendo ter algumas atividades no formato on-line no primeiro trimestre de 2022. Ao final, haverá uma apresentação de cada banda/artista em data e local a serem definidos pela organização”, adianta Pedroza. 

Segundo a coordenadora Eli Moura “ O evento decidiu não realizar um evento presencial em 2021 tendo em vista que a segunda dose é muito recente. Por isso, a opção por retornar de forma segura com o Festival em 2022, após o laboratório de treinamento para as bandas que ficaram sem plateias em 2020 e 2021”, explica.

O ConvidaLAB – Aceleração de Bandas do Distrito Federal conta com o patrocínio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal por meio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF).

Serviço: ConvidaLab – Aceleração de Bandas do Distrito Federal dará a oportunidade de capacitação e retorno aos palcos para artistas da música solo e bandas independentes em 2022

Informações: Instagram: @festival.convida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.