Ruth Guimarães e Humberto Pedrancini dão vida a inédito espetáculo Outra História de Amor

Com direção e dramaturgia de Zé Regino, peça fala sobre a quebra de estigmas do envelhecer por meio de um casal de idosos juntos há 45 anos

Conflitos, descobertas de um casal de mais de 70 anos que, após 45 destes juntos, começa a refletir sobre o tempo, sobre as relações amorosas, sobre a vida e sobre a morte. O espetáculo Outra História de Amor conta no elenco com os criadores da cena cultural de Brasília Ruth Guimarães e Humberto Pedrancini. Eles dão vida a um casal que em uma etapa natural da vida – a velhice – começa a desconstruir estereótipos por meio de uma história de amor.

Realizada com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal, a peça inédita estará em cartaz nos dias 23 e 24 de julho, às 20h, no Teatro Sesc Paulo Autran MEC Taguatinga Norte (CNB 12 – Área Especial 2/3, Taguatinga Norte). Depois voltará em cartaz em agosto de 2022. Datas a confirmar. Gratuito. Não recomendado para menores de 14 anos.

Com dramaturgia e direção do reconhecido diretor teatral Zé Regino – também fundador da cena cultural da capital federal- Outra História de Amor retrata o casal Maria Lúcia (Ruth Guimarães) e Edgar (Humberto Pedrancini).  Juntos há décadas, eles falam sobre o relacionar, sobre sexo, sexualidade e sobre a coragem de seguir sonhos e desmistificar o envelhecimento, naturalizando o envelhecer.

“Como discorrer sobre uma história de amor que resiste quarenta e cinco anos fruto de uma convivência ininterrupta? Como não reconhecer que a ficção nos provoca poeticamente? Como não reconhecer que essa não é simplesmente mais uma história de amor mas, sobretudo, um reposicionamento de um casal de velhos, diante do amor a dois? Emprestar meu corpo, minha voz e minhas emoções, para Maria Lúcia, a personagem da minha idade real, 75 anos, tem sido mais um inusitado aprendizado no teatro e na vida”, destaca Ruth.

E é dentro deste contexto de amor que será retratada a história destas duas pessoas. Com personalidades diferentes, Edgar e Maria Lúcia começam, nessa fase da vida, a ter um conflito existencial que pode romper com a cumplicidade de ambos. Afinal, eles enxergam a vida e a morte de maneiras muito distintas.

“Nesse contexto, surgem personagens que trazem do passado várias inseguranças e a possibilidade de se redesenhar a vida. Seria tarde demais? Eu falo que essa dramaturgia é meu manifesto anti-etarismo. É muito difícil viver num País onde pessoas na minha idade são discriminadas pela idade que têm. E nós temos sonhos, desejos que só morrem quando a gente morre. Este é só mais um momento da vida que está aí, pulsando. Uma pessoa com 70, 80, 90 também tem seus anseios, seus sonhos”, comenta o dramaturgo e multiartista Zé Regino.

Reencontro – Outra História de Amor visa também propor o reencontro criativo desses pioneiros artistas na montagem de um espetáculo teatral que comemora e homenageia seus veteranos, utilizando como mote dramatúrgico a urgência de se falar sobre o modo como a sociedade lida com o envelhecimento.

“É uma honra ser dirigido pelo Zé Regino e estar ao lado da Ruth. O mais interessante é que esse espetáculo busca quebrar os estereótipos de que velho não transa, que velho vai morrer. Não! A peça é sobre o contrário disso tudo. Fala sobre sonhos”, explica Pedrancini. 

Fonte: Assessoria de Imprensa dos artistas

Ficha técnica-

RUTH GUIMARÃES – ATRIZ

HUMBERTO PEDRANCINI – ATOR

ZÉ REGINO – DIRETOR E DRAMATURGO

C1 ARTE E ENTRETENIMENTO LTDA – GESTÃO ADMINISTRATIVA

PAULA JACOBSON – PRODUTORA

FOTOS POR:  Nath Britto

SERVIÇO: 

Estreia: 23 e 24 de julho

Horário:  Sempre às 20h

Local: Teatro Sesc Paulo Autran MEC Taguatinga Norte (CNB 12 – Área Especial 2/3, Taguatinga Norte)

Gratuito

Não recomendado para menores de 14 anos

Mais informações: Instagram: @outrahistoriadeamor

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.