João Marcos Bargas revela seu EP de estreia, Cantinho, nas plataformas digitais

A voz de João Marcos Bargas vem ressoando pela cena independente desde o meio do ano. Foram três singles na sequência de Julho pra cá: “Me Deixa”“Meu Canto” e “Não Era Você” e agora, com mais três canções inéditas, eis que o EP Cantinho nasce por completo, nas principais plataformas digitais, via selo Rockambole[ouça aqui].

O trabalho, produzido por Felipe Martins e Pedro Henrique Robes, teve mix e master por Hugo Silva, tendo a companheira de selo, a banda PLUMA, como responsável pelos arranjos. O resultado dessa confluência imprimiu ao Cantinho uma sonoridade única, que abraça a MPB, o neo jazz e o pop com muita delicadeza e sensibilidade.

“Sempre fiz questão de não estar à frente das bandas que participei, queria estar incluído na formação durante as apresentações. Colocar no mundo um trabalho que leva meu nome, e com essa qualidade que advém de uma equipe enorme, não é algo que eu esperava”, revela João Marcos Bargas, orgulhoso do EP produzido. “Ter uma galera que acredita em você, na sua arte, a ponto de se dedicar num projeto como esse dá um gás! João Marcos Bargas e Cantinho somos muitos!”, celebra o cantor.

Fonte: Assessoria de Imprensa do Artista

*Foto: Divulgação

Ficha técnica – EP Cantinho
Instrumentos e arranjos por PLUMA (Marina Reis, Diego Vargas, Guilherme Cunha e Lucas Teixeira) e Pedro Henrique Robes
Produzido por Felipe Martins e Pedro Henrique Robes
Gravado em Artsy Club, SP
Mixado por Hugo Silva
Masterizado por Hugo Silva 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.